A AIIC, a Associação Internacional dos Intérpretes de Conferência, define os idiomas dos intérpretes em:
A: o idioma nativo do intérprete, para o qual ele interpreta
B: um idioma no qual o intérprete seja quase nativo, mas sem ser o idioma nativo
C: a língua passiva, da qual o intérprete interpreta para a A ou para a B

Em 2015, Raquel Schaitza e Richard Laver oferecem duas excelentes oportunidades para intérpretes de conferência com o português C (ou D com ambição de virar C): os High Intensity Interpreting Trainings.
A primeira oportunidade será em Curitiba e todas as informações estão aqui: http://aiic.net/events/172/aiic-professional-development-course-portuguese-c-workshop-09-feb-2015
A segunda oportunidade, apesar de aberta também a não membros da AIIC, é mais específica para intérpretes da AIIC que pretendem participar da Assembleia em Addis Abeba, na Etiópia. As informações estão aqui: http://aiic.net/events/173/aiic-professional-development-course-hit-your-portuguese-c-target-13-jan-2015
Não percam esta oportunidade, inscrevam-se ainda hoje :).

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *